• profluis

O que Maria nos ensina sobre comprometimento e coragem


O mês de maio é o mês das mães, mas na tradição da Igreja Católica é também o mês Mariano. Neste mês, dedicamos os 31 dias à Nossa Senhora, um exemplo de Mulher, Mãe e discípula, que deixou ensinamentos para todos com toda sua vivência na história da Salvação.

Maria foi escolhida para ser Mãe do Salvador. Ela era uma jovem prometida a um homem, e a notícia de uma gravidez fora do casamento não seria bem vista. Mesmo assim, Ela aceitou sua missão e a partir deste momento, nos ensina a ter coragem para realizar missões.


“Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo tua palavra”. (Lc 1, 38)


Trazendo para a sua realidade atual: Quantas vezes você deixou de aceitar algum desafio ou negou sua missão, por medo?


Maria foi corajosa, e mesmo com tantos motivos para não aceitar sua missão, mesmo com medo de algo acontecer, Ela aceitou.


Após receber a mensagem do anjo, Maria foi ao encontro de sua prima Isabel, que também estava grávida, para poder ajudar com os serviços. E lá ficou até o nascimento de João Batista, filho de Isabel.


“Naqueles dias, Maria partiu em viagem, indo às pressas para a região montanhosa, para uma cidade da Judeia”. (Lc 1, 39)


Neste momento, Maria demonstra todo seu comprometimento com Deus. Foi de encontro a Isabel, contou que foi escolhida para ser mãe do Salvador e serviu alegremente sua prima, até o nascimento de João. Seu comprometimento com a fé, e também em servir o próximo, fez com que Maria vivesse todos os dias servindo a Deus. Na crucificação de Cristo, Ela esteve ao seu lado, sentindo a dor de todas as mães que perdem seu filho.


“Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. Jesus, vendo sua mãe e, perto dela o discípulo que amava, disse a sua mãe:Mulher, eis aí teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí tua mãe’. E, desta hora em diante, o discípulo acolheu-a em sua casa”. (Jo 19, 25-27)


Ela nos deixou diversos ensinamentos, em cada uma de suas atitudes durante a história da Salvação.


Fonte: A12



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo