• Renata Quirino

Francisco: construir um mundo solidário é uma forma de fazer história

"

Um futuro onde as finanças estejam ao serviço do bem comum, onde os vulneráveis e marginalizados sejam colocados no centro e onde a terra, nossa casa comum, seja bem cuidada": esta é a perspectiva que o Papa Francisco espera para toda a família humana e descreve na mensagem enviada ao Grupo do Banco Mundial e ao Fundo Monetário Internacional por ocasião das Reuniões de Primavera de 2021. Para atingir este objetivo, escreve, é preciso pensar em formas novas, criativas e inclusivas "de participação social, política e econômica". Começando pela realização, neste tempo de pandemia, de "uma vacina solidária com financiamento justo, para que a lei do mercado não prevaleça "sobre a lei do amor e da saúde de todos".


Os mais vulneráveis e nossa Casa Comum estão no centro

O Papa conclui sua Mensagem desejando que as Reuniões de Primavera de 2021 do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional trabalhem frutuosamente para um futuro "onde as finanças estejam a serviço do bem comum, onde os vulneráveis e os marginalizados sejam colocados no centro, e onde a terra, nossa casa comum, seja bem cuidada". E invoca os dons de Deus sobre todos os participantes: "sabedoria, compreensão, bom conselho, força e paz".


Fonte: Vatican News

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo